Nova Tradução na Linguagem de Hoje (NTLH)

sábado, 7 de julho de 2012

1º Crônicas 15 a 18 (dia 89)

1º Crônicas 15

Preparativos para fazer a mudança da arca da aliança


1 Para o seu próprio uso, Davi construiu casas na Cidade de Davi. Também preparou um lugar para a arca da aliança de Deus e armou uma barraca para ela.

2 Então disse:
— Somente levitas podem carregar a arca da aliança porque foram eles que o Senhor Deus escolheu a fim de carregá-la e para servi-lo para sempre.
3 Então Davi chamou todo o povo de Israel a Jerusalém a fim de trazer a arca da aliança para o lugar que ele havia preparado para ela. 4 Em seguida mandou buscar os descendentes de Arão e os levitas. 5 Do grupo de famílias levitas de Coate veio Uriel, chefiando cento e vinte homens do seu grupo de famílias; 6 do grupo de famílias de Merari veio Asaías, chefiando duzentos e vinte homens; 7 do grupo de famílias de Gérson veio Joel, chefiando cento e trinta; 8 do grupo de famílias de Elisafã veio Semaías, chefiando duzentos; 9 do grupo de famílias de Hebrom veio Eliel, chefiando oitenta;

10 e do grupo de famílias de Uziel veio Aminadabe, chefiando cento e doze.
11 Davi chamou os sacerdotes Zadoque e Abiatar e os levitas Uriel, Asaías, Joel, Semaías, Eliel e Aminadabe.

12 Então disse aos levitas:
— Vocês são os líderes dos grupos de famílias levitas. Purifiquem-se e purifiquem os seus irmãos levitas, para que possam trazer a arca da aliança do Senhor, o Deus de Israel, para o lugar que preparei para ela.

13 Não foram vocês que a carregaram da primeira vez, e por isso o Senhor, nosso Deus, nos castigou por não o termos consultado como devíamos.
14 Então os sacerdotes e os levitas se purificaram a fim de carregar a arca da aliança do Senhor, o Deus de Israel.

15 Os levitas a carregaram nos ombros pelos cabos, como Deus havia mandado por meio de Moisés.
16 Davi mandou que os líderes dos levitas nomeassem vários levitas para cantar e para tocar música alegre nas harpas, e nas liras, e com os pratos.

17-21 Dos grupos de famílias de cantores eles escolheram para tocar pratos de metal os seguintes homens: Hemã, filho de Joel; o seu parente Asafe, filho de Berequias; e Etã, filho de Cuchaías, que era do grupo de famílias de Merari. Escolheram os levitas Zacarias, Jaaziel, Semiramote, Jeiel, Uni, Eliabe, Maaseias e Benaías para ajudá-los; eles tocavam as harpas, que alcançavam notas altas.
Para tocarem as liras, que alcançavam notas baixas, escolheram os seguintes levitas: Matitias, Elifeleu, Micneias, Azazias e os guardas do Templo, Obede-Edom e Jeiel.
22 Porque era entendido em música, Quenanias foi escolhido para dirigir os músicos levitas.

23-24 Berequias e Elcana, junto com Obede-Edom e Jeías, foram escolhidos para serem os guardas da arca da aliança. Para tocarem trombeta em frente da arca, foram escolhidos os sacerdotes Sebanias, Josafá, Netanel, Amasai, Zacarias, Benaías e Eliézer.



A arca é levada para Jerusalém

2º Samuel 6:12-19


25 Então o rei Davi, os líderes de Israel e os comandantes militares foram até a casa de Obede-Edom buscar a arca da aliança e fizeram uma grande festa. 26 E, como Deus estava ajudando os levitas que carregavam a arca, foram oferecidos em sacrifício sete touros e sete carneiros. 27 Davi estava vestido com uma roupa feita do mais fino linho; do mesmo jeito também estavam vestidos os músicos, Quenanias, que era o seu líder, e os levitas que carregavam a arca. Davi usava ainda um manto sacerdotal feito de linho.

28 E assim todos os israelitas subiram até Jerusalém, acompanhando a arca com gritos de alegria, ao som de trombetas, de cornetas feitas de chifre de carneiro, de pratos e de música de harpas e liras.
29 Quando a arca estava entrando na cidade, Mical, filha de Saul, olhou pela janela e viu o rei Davi dançando e pulando de alegria. Então sentiu desprezo por ele.



1º Crônicas 16

1 Levaram a arca da aliança para a barraca que Davi tinha preparado para ela e a colocaram lá dentro. Então ofereceram a Deus sacrifícios que foram completamente queimados e ofertas de paz. 2 Depois que Davi acabou de oferecer os sacrifícios, abençoou o povo em nome do Senhor

3 e distribuiu comida a todos. Deu a cada homem e a cada mulher de Israel um pão, um pedaço de carne assada e passas.
4 Davi nomeou alguns levitas para dirigirem a adoração ao Senhor, o Deus de Israel, cantando e louvando a Deus, em frente da arca da aliança. 5 Asafe foi nomeado o chefe deles, e Zacarias, o seu ajudante. Para tocarem lira, foram nomeados: Jeiel, Semiramote, Jeiel, Matitias, Eliabe, Benaías, Obede-Edom e Jeiel. Para tocar pratos, foi nomeado Asafe, 6 e, para tocarem trombeta todos os dias em frente da arca da aliança, foram nomeados os sacerdotes Benaías e Jaaziel.

7 Foi nesse dia que Davi deu pela primeira vez a Asafe e aos seus colegas levitas a responsabilidade de cantarem louvores a Deus, o Senhor.



Um hino de louvor
 
Salmos 105:1-15; 96:1-13; 106:1,47-48

8 Agradeçam a Deus, o Senhor,
anunciem a sua grandeza
e contem às nações as coisas que ele fez.

9 Cantem a Deus, cantem louvores a ele,
falem dos seus atos maravilhosos.

10 Tenham orgulho daquilo que o Santo Deus tem feito.
Que fique alegre o coração de todos os que adoram ao Senhor!

11 Procurem a ajuda do Senhor;
estejam sempre na sua presença.

12-13 Vocês, descendentes de Israel, servo de Deus,
vocês, descendentes de Jacó, o escolhido de Deus,
lembrem de tudo o que Deus tem feito,
lembrem dos seus grandes e maravilhosos milagres
e de como tem condenado os nossos inimigos!

14 Ele é o Senhor, nosso Deus;
os seus mandamentos são para o mundo inteiro.

15 Ele sempre lembrará da sua aliança
e, por milhares de gerações, cumprirá as suas promessas.

16 Ele será fiel à aliança feita com Abraão
e à promessa que fez com juramento a Isaque.

17 Deus fez uma aliança com Jacó para sempre,
fez com ele uma aliança eterna.

18 Naquela ocasião Deus disse:
“Eu lhe darei a terra de Canaã,
e ela será de vocês para sempre.”

19 Eles eram muito poucos,
eram estrangeiros na Terra Prometida.

20 Andavam de país em país,
de reino em reino.

21 Mas Deus não deixou que ninguém os maltratasse
e, para protegê-los, avisou reis.

22 Ele disse: “Não toquem nos servos que eu escolhi;
não maltratem os meus profetas!”

23 Cantem ao Senhor, todos os povos da terra.
Anunciem todos os dias que ele nos salvou.

24 Falem da sua glória às nações;
contem a todos os povos as coisas
maravilhosas que ele tem feito.

25 O Senhor é grande e merece todo o nosso louvor;
ele deve ser temido mais do que todos os deuses.

26 Pois os deuses das outras nações são somente ídolos,
mas o Senhor fez os céus.

27 Ele está cercado de glória e majestade;
poder e beleza enchem o seu Templo.

28 Louvem o Senhor, todos os povos da terra!
Louvem a sua glória e o seu poder.

29 Deem ao Senhor a honra que ele merece;
tragam uma oferta e entrem nos pátios do seu Templo.
Curvem-se diante do Santo Deus quando ele aparecer;

30 trema diante dele, toda a terra.
A terra está firme no seu lugar
e não pode ser abalada.

31 Alegre-se a terra, e fique contente o céu.
Digam em todas as nações: “O Senhor é Rei!”

32 Ruja o mar e todas as criaturas que nele vivem.
Alegrem-se os campos e tudo o que há neles.

33 Então as árvores dos bosques gritarão de alegria diante de Deus, o Senhor,
pois ele vem governar a terra.

34 Deem graças ao Senhor porque ele é bom,
e o seu amor dura para sempre.

35 Digam a ele: “Liberta-nos, ó Senhor, nosso Salvador!
Ajunta-nos e tira-nos do meio dos pagãos.
Assim nós te daremos graças
e com prazer te louvaremos, ó Santo Deus.”

36 Louvemos o Senhor, o Deus de Israel.
Louvem o Senhor agora e sempre.
Então todo o povo disse “amém!” e louvou a Deus, o Senhor.



Adoração em Jerusalém e Gibeão

37 O rei Davi pôs Asafe e os seus colegas levitas como encarregados permanentes da adoração que era feita no lugar onde a arca da aliança havia sido colocada. Eles deviam cumprir ali os seus deveres todos os dias.

38 Obede-Edom, filho de Jedutum, e sessenta e oito homens do seu grupo de famílias deviam ser os seus ajudantes. Hosa e Obede-Edom eram os guardas dos portões.
39 Porém o sacerdote Zadoque e os seus colegas estavam encarregados do culto ao Senhor Deus na Tenda Sagrada, que estava no lugar de adoração em Gibeão. 40 Todas as manhãs e todas as tardes eles deviam oferecer no altar sacrifícios que seriam completamente queimados, de acordo com o que está escrito na Lei que o Senhor deu ao povo de Israel. 41 Estavam ali com eles Hemã e Jedutum e os outros que haviam sido nomeados a fim de cantar louvores ao Senhor por causa do seu amor que dura para sempre.

42 Hemã e Jedutum também estavam encarregados das trombetas, dos pratos e dos outros instrumentos que eram tocados para acompanhar os hinos de louvor. Os membros do grupo de famílias de Jedutum estavam encarregados de guardar os portões.
43 Então todos foram para casa, e Davi também foi, a fim de passar algum tempo com a sua família.



1º Crônicas 17
 
A mensagem de Natã para Davi
 
2º Samuel 7:1-17

1 Davi estava morando no seu palácio. Um dia ele mandou chamar o profeta Natã e disse:
— Veja só! Eu estou aqui, morando numa casa revestida de madeira de cedro, mas a arca da aliança está guardada numa barraca!

2 Natã respondeu:
— Faça tudo o que quiser, pois Deus está com o senhor.

3 Mas naquela noite o Senhor disse a Natã:
4 — Vá e diga ao meu servo Davi que eu mandei dizer o seguinte: “Você não é a pessoa que vai construir o templo em que eu vou morar. 5 Desde o tempo em que tirei o povo de Israel do Egito até hoje, eu não tenho morado em nenhum templo. Tenho sempre morado numa tenda e mudado de um lugar para outro. 6 Em todas as minhas viagens com o povo de Israel, nunca perguntei a nenhum dos líderes que escolhi por que razão eles não construíram para mim um templo revestido de cedro.” 7 Portanto, diga ao meu servo Davi que eu, o Senhor Deus Todo-Poderoso, digo o seguinte: “Eu tirei você do trabalho de cuidar de ovelhas nos campos, para que governasse o meu povo de Israel. 8 Estive com você em todos os lugares por onde tem ido e o defendi de todos os seus inimigos conforme você foi avançando. Eu farei com que você seja famoso, tão famoso quanto os maiores líderes do mundo. 9-10 Escolhi um lugar para o meu povo de Israel e o fiz morar ali, num lugar onde eles viverão sem nunca mais serem perseguidos. Desde que entraram nesta terra, eles têm sido atacados por povos violentos, mas isso não acontecerá mais. Prometo derrotar todos os seus inimigos e dar descendentes a você. 11 E, quando você morrer e for sepultado ao lado dos seus antepassados, eu colocarei um dos seus filhos como rei e tornarei forte o reino dele. 12 Será ele quem construirá um templo para mim, e eu farei com que os seus descendentes governem para sempre. 13 Eu serei pai dele, e ele será meu filho. Nunca retirarei dele o meu amor, como fiz com Saul, que foi rei antes de você.

14 Eu o colocarei como responsável pelo meu povo e pelo meu reino para sempre. A sua descendência real nunca terminará.”

15 E Natã contou a Davi tudo o que Deus lhe havia revelado.



A oração de agradecimento de Davi
 
2º Samuel 7:18-29

16 Então o rei Davi entrou na barraca, sentou-se e orou assim:
— Ó Senhor Deus, eu não mereço tudo aquilo que fizeste por mim no passado, e a minha família também não merece. 17 E, como se isso ainda fosse pouco, estás fazendo promessas a respeito dos meus descendentes no futuro e tu, ó Senhor Deus, já me estás tratando como um grande homem. 18 O que mais posso te dizer? Tu me conheces bem e, no entanto, me honras a mim, teu servo. 19 Era teu desejo e propósito fazeres isso por mim e me mostrares a minha futura grandeza. 20 Ó Senhor, não há ninguém igual a ti; nós sempre soubemos que só tu és Deus. 21 Não há nenhuma outra nação na terra como o teu povo de Israel, que libertaste para ser o teu próprio povo. As grandes e maravilhosas coisas que fizeste por eles tornaram o teu nome famoso em todo o mundo. Tu libertaste o teu povo do Egito e expulsaste as outras nações conforme o teu povo ia avançando.

22 Tu fizeste com que o teu povo de Israel fosse teu para sempre e tu, ó Senhor, te tornaste o seu Deus.
23 — E agora, ó Senhor Deus, confirma para sempre a promessa que fizeste a meu respeito e a respeito dos meus descendentes e cumpre o que disseste que ias fazer. 24 A tua fama será grande, e para sempre as pessoas dirão: “O Senhor Todo-Poderoso é o Deus de Israel.” E tu farás com que sempre haja reis entre os meus descendentes. 25 Ó meu Deus, eu tenho coragem para te fazer esta oração porque revelaste a mim, teu servo, que farás com que os meus descendentes sejam reis. 26 Tu, ó Senhor, és Deus e me fizeste essa maravilhosa promessa. 27 Eu te peço que abençoes os meus descendentes para que eles continuem a ter sempre a tua proteção. Tu, ó Senhor, os tens abençoado, e que a tua bênção esteja com eles para sempre.



1º Crônicas 18
 
Diversas vitórias de Davi
 
2º Samuel 8:1-18

1 Algum tempo depois, Davi atacou de novo os filisteus e os derrotou. Tomou deles a cidade de Gate e os povoados que ficavam ao seu redor.

2 Também derrotou os moabitas, que ficaram dominados por ele e lhe pagavam impostos.
3 Depois Davi atacou Hadadezer, que era o rei de Zoba, na Síria, perto da região de Hamate. Isso aconteceu quando Hadadezer estava tentando conquistar a região que ficava ao longo do rio Eufrates.

4 Davi tomou de Hadadezer mil carros de guerra e prendeu sete mil cavaleiros e vinte mil soldados de infantaria. Ele também ficou com cavalos suficientes para puxarem cem carros de guerra e aleijou os outros.
5 Os sírios de Damasco foram socorrer Hadadezer, e Davi os atacou e matou vinte e dois mil deles. 6 Em seguida colocou acampamentos militares no território dos sírios de Damasco. Davi os dominou, e eles lhe pagavam impostos. O Senhor Deus fez com que Davi fosse vitorioso em todos os lugares. 7 Davi tomou dos oficiais de Hadadezer os escudos de ouro que eles usavam e os levou para Jerusalém.

8 Também tomou uma grande quantidade de bronze das cidades de Tibate e de Cum, que eram governadas por Hadadezer. (Anos mais tarde, Salomão usou esse bronze para fazer o tanque, as colunas e objetos para o Templo.)
9 O rei Toí, da cidade de Hamate, soube que Davi tinha derrotado todo o exército de Hadadezer. 10 Então mandou o seu filho Jorão para cumprimentar Davi e para lhe dar os parabéns por ter vencido Hadadezer. Acontece que Toí havia lutado muitas vezes contra Hadadezer. Jorão levou para Davi objetos de prata, de ouro e de bronze.

11 E o rei Davi os separou para serem usados na adoração a Deus, o Senhor, juntamente com a prata e o ouro que tinha tomado dos povos que havia conquistado, isto é, os edomitas, os moabitas, os amonitas, os filisteus e os amalequitas.
12 Abisai, cuja mãe se chamava Zeruia, derrotou os edomitas no vale do Sal e matou dezoito mil deles.

13 Ele colocou acampamentos militares em todo o país de Edom, e o povo dali ficou debaixo do domínio de Davi. O Senhor fez com que Davi fosse vitorioso em todos os lugares aonde ia.
14 Davi governou todo o Israel e fez com que o seu povo fosse sempre tratado com justiça. 15 Joabe, irmão de Abisai, era o comandante do exército. Josafá, filho de Ailude, era conselheiro do rei. 16 Zadoque, filho de Aitube, e Aimeleque, filho de Abiatar, eram sacerdotes. Seraías era o escrivão. 17 Benaías, filho de Joiada, era o chefe dos queretitas e dos peletitas. E os filhos do rei Davi tinham as mais altas posições no seu serviço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário