Nova Tradução na Linguagem de Hoje (NTLH)

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Provérbios 1 (dia 160) + Salmos 148 a 150

Salmos 148

Louvor universal a Deus, o Senhor

1 Aleluia!
Todos os que estão nos céus,
louvem o Senhor Deus nas alturas!

2 Louvem o Senhor, todos os seus anjos,
todos os seus exércitos celestiais!

3 Sol e lua, louvem o Senhor!
Todas as estrelas brilhantes,
louvem a Deus!

4 Que os mais altos céus o louvem
e também as águas
que estão acima do céu!

5 Que todos eles louvem o Senhor,
pois ele deu uma ordem,
e eles foram criados!

6 Ele mandou, e foram firmados
para sempre nos seus lugares;
eles não podem desobedecer.

7 Louve o Senhor, tudo o que existe
na terra:
monstros do mar
e todas as profundezas do oceano!

8 Louvem o Senhor, relâmpagos
e chuva de pedra, neve e nuvens,
e ventos fortes, que obedecem
à sua ordem!

9 Louvem o Senhor, colinas e montanhas,
florestas e árvores que dão frutas!

10 Louvem o Senhor, todos os animais,
mansos e selvagens!
Louvem o Senhor, passarinhos
e animais que se arrastam pelo chão!

11 Louvem o Senhor,
reis e todos os povos,
governantes e todas as outras autoridades!

12 Louvem o Senhor, moços e moças,
velhos e crianças!

13 Que todos louvem a Deus, o Senhor,
porque ele é superior
a todos os outros deuses!
A sua glória está acima da terra e do céu.

14 Ele fez com que a sua nação ficasse
cada vez mais forte,
e por isso o louvam
todos os seus servos fiéis,
o povo de Israel, a quem ele tanto ama.
Aleluia!



Salmos 149

Hino de louvor

1 Aleluia!
Cantem a Deus, o Senhor, uma nova canção.
Louvem a Deus na reunião
dos seus servos fiéis.

2 Alegre-se, ó povo de Israel,
por causa do seu Criador!
Fique contente, ó povo de Jerusalém,
por causa do seu Rei!

3 Louvem a Deus, o Senhor, com danças
e, em seu louvor, toquem pandeiros
e liras.

4 Pois o Senhor está contente
com o seu povo;
ele dá aos humildes
a honra da vitória.

5 Que os seus servos fiéis se alegrem
com a vitória
e cantem alegremente nas suas festas!

6 Que eles louvem a Deus,
gritando bem alto,
com espadas afiadas nas mãos

7 para derrotar as nações
e castigar os povos;

8 para prender os seus reis
e as suas autoridades
com pesadas correntes de ferro;

9 para castigar as nações
como Deus mandou!
Essa é a vitória
dos seus servos fiéis.
Aleluia!



Salmos 150

Louvem a Deus, o Senhor

1 Aleluia!
Louvem a Deus no seu Templo.
Louvem o seu poder, que se vê no céu.

2 Louvem o Senhor
pelas coisas maravilhosas
que tem feito.
Louvem a sua imensa grandeza.

3 Louvem a Deus com trombetas.
Louvem com harpas e liras.

4 Louvem o Senhor com pandeiros
e danças.
Louvem com harpas e flautas.

5 Louvem a Deus com pratos musicais.
Louvem bem alto com pratos sonoros.

6 Todos os seres vivos, louvem o Senhor!
Aleluia!



Provérbios 1

O valor dos provérbios

1 Provérbios de Salomão, filho de Davi e rei de Israel.
2 Estes provérbios nos ajudam a dar valor à sabedoria e aos bons conselhos e a entender os pensamentos mais profundos. 3 Eles nos ensinam a vivermos de maneira inteligente e a sermos corretos, justos e honestos. 4 Podem também tornar sábia uma pessoa sem experiência e ensinar os moços a serem ajuizados. 5 Estes provérbios aumentam a sabedoria dos sábios e orientam os instruídos,

6 fazendo que entendam o significado escondido dos provérbios e dos ditados e compreendam os mistérios que os estudiosos procuram explicar.

7 Para ser sábio, é preciso primeiro temer a Deus, o Senhor. Os tolos desprezam a sabedoria e não querem aprender.



Conselhos para os moços

8 Meu filho, escute o que o seu pai ensina e preste atenção no que a sua mãe diz.

9 Os ensinamentos deles vão aperfeiçoar o seu caráter, assim como um belo turbante ou um colar melhoram a sua aparência.
10 Filho, se homens perversos quiserem tentar você, não deixe. 11 Eles poderão dizer: “Venha, vamos matar alguém! Vamos nos divertir atacando pessoas inocentes! 12 Estarão vivas e com saúde quando as encontrarmos, mas nós acabaremos com elas. 13 Acharemos todo tipo de riquezas e encheremos as nossas casas com as coisas roubadas.

14 Venha com a gente, que nós repartiremos o que roubarmos!”
15 Filho, não ande com gente dessa laia. Fique longe deles. 16 Eles têm pressa de fazer o mal e estão sempre prontos para matar. 17 Não adianta armar uma arapuca enquanto o passarinho estiver olhando. 18 No entanto esses homens estão preparando uma armadilha onde eles mesmos morrerão.

19 O que acontece com quem fica rico por meio da violência é isto: acaba sendo morto.



O aviso da Sabedoria

20 Escutem! A Sabedoria está gritando nas ruas e nas praças.

21 Nos portões das cidades e em todos os lugares onde o povo se reúne, ela está gritando alto, assim:
22 — Gente louca! Até quando vocês continuarão nesta loucura? Até quando terão prazer em zombar da sabedoria? Será que nunca aprenderão? 23 Escutem quando eu os corrijo. Eu darei bons conselhos e repartirei a minha sabedoria com vocês. 24 Eu chamei e convidei, mas vocês não me ouviram e não me deram atenção. 25 Vocês rejeitaram todos os meus conselhos e não quiseram que eu os corrigisse. 26 Assim, quando estiverem em dificuldades, eu rirei; e, quando o terror chegar, eu caçoarei de vocês. 27 Zombarei de vocês quando o terror vier como uma tempestade, trazendo fortes ventos de dificuldades. Eu rirei quando estiverem passando por sofrimentos e aflições. 28 Então vocês me chamarão, mas eu, a Sabedoria, não responderei. Vão procurar por toda parte, porém não me encontrarão. 29 Vocês não quiseram a sabedoria e sempre se recusaram a temer a Deus, o Senhor. 30 Não aceitaram os meus conselhos, nem prestaram atenção quando os corrigi. 31 Portanto, receberão o que merecem e ficarão aborrecidos com as coisas que fizeram. 32 Os tolos morrem porque rejeitam a sabedoria; os que não têm juízo são destruídos por estarem satisfeitos consigo mesmos. 33 Mas quem me ouvir terá segurança, viverá tranquilo e não terá motivo para ter medo de nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário