Nova Tradução na Linguagem de Hoje (NTLH)

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Oseias 1 a 3 (dia 219) + Daniel 12

Daniel 12

O momento final

12 E o anjo continuou, dizendo:
— Nesse tempo, aparecerá o anjo Miguel, o protetor do povo de Deus. Será um tempo de grandes dificuldades, como nunca aconteceu desde que as nações existem. Mas nesse tempo serão salvos todos os do povo de Deus que tiverem os seus nomes escritos no livro de Deus. Muitos dos que já tiverem morrido viverão de novo: uns terão a vida eterna, e outros sofrerão o castigo eterno e a desgraça eterna. Os mestres sábios, aqueles que ensinaram muitas pessoas a fazer o que é certo, brilharão como as estrelas do céu, com um brilho que nunca se apagará. E você, Daniel, não conte nada disso a ninguém. Feche o livro com um selo para que fique fechado até o momento final. Muitos correrão de cá para lá, procurando ficar mais sábios.
Então eu vi dois anjos de pé na beira do rio, um de um lado, e o outro do outro. Um deles perguntou ao anjo vestido com roupas de linho, que estava rio acima:
— Quando é que todas essas coisas maravilhosas vão acontecer?
O anjo levantou as mãos para o céu e em nome de Deus, que vive para sempre, disse:
— Eu juro que tudo isso vai acontecer daqui a três anos e meio quando terminar a perseguição do povo de Deus.
Mas eu não entendi bem e por isso perguntei:
— Por favor, me diga como é que tudo isso vai acabar.
E ele respondeu:
— Agora, Daniel, você pode ir embora, pois tudo isso deve ficar em segredo até o fim. 10 Muitos serão postos à prova, e com isso se purificarão, e se aperfeiçoarão. Os maus continuarão na sua maldade, e nenhum deles entenderá o que está acontecendo, mas os sábios entenderão. 11 Depois que os sacrifícios diários forem suspensos, e o “grande terror” for colocado no Templo, passarão mil duzentos e noventa dias. 12 Felizes aqueles que continuarem fiéis a Deus por mil trezentos e trinta e cinco dias!
13 — E você, Daniel, continue firme até o fim. Você morrerá, mas no fim ressuscitará para receber a sua recompensa.

___

Oséias

Esta é a mensagem que o Senhor Deus deu a Oseias, filho de Beeri, durante os reinados de Uzias, Jotão, Acaz e Ezequias, na terra de Judá, e de Jeroboão, filho de Joás, na terra de Israel.

A mulher e os filhos de Oseias

Quando o Senhor Deus falou pela primeira vez por meio de Oseias ao povo de Israel, ele disse a Oseias:
— Vá e case com uma prostituta de um templo pagão; os filhos que nascerem serão filhos de uma prostituta. Pois o povo de Israel agiu como uma prostituta: eles foram infiéis e me abandonaram.
Então Oseias foi e casou com Gomer, filha de Diblaim. Quando nasceu o primeiro filho, o Senhor Deus disse a Oseias:
— Ponha no menino o nome de Jezreel porque daqui a pouco vou castigar o rei de Israel por causa dos crimes de morte que o rei Jeú, o antepassado dele, cometeu em Jezreel. Vou acabar com o Reino de Israel e no vale de Jezreel destruirei o poder militar de Israel.
Depois, Gomer deu à luz uma filha, e o Senhor disse a Oseias:
— Ponha na menina o nome de Não-Amada porque eu não terei mais amor pelo povo de Israel e não o perdoarei. Mas continuarei a amar o povo de Judá. Eu mesmo, o Senhor, seu Deus, os salvarei. Porém não farei isso por meio de guerra: não usarei arcos e flechas, nem espadas, nem cavalos de guerra e cavaleiros.
Depois que desmamou a filha, Gomer ficou grávida mais uma vez e deu à luz outro filho. E o Senhor Deus disse a Oseias:
— Ponha no menino o nome de Não-Meu-Povo, pois o povo de Israel não é mais o meu povo, e eu não sou mais o Deus deles.

A futura grandeza de Israel

10 Um dia, o povo de Israel será como os grãos de areia do mar; será tão numeroso, que não poderá ser contado, nem medido. E, no mesmo lugar onde Deus disse: “Vocês não são o meu povo”, ali ele dirá: “Vocês são os filhos do Deus vivo”. 11 Os povos de Judá e de Israel se unirão e juntos escolherão um só chefe. Serão mais uma vez um povo poderoso e rico. Como será grande esse dia, o Dia de Jezreel!
Portanto, ponham nos seus irmãos, os israelitas, os nomes de Povo-de-Deus e Amados-por-Deus.

A infidelidade de Israel

O Senhor Deus disse ao povo:
— Acusem a sua mãe, façam denúncia contra ela, pois ela não é mais a minha esposa, e eu não sou mais o seu marido. Peçam que ela pare de cometer adultério e que mande embora os seus amantes. Se ela não fizer isso, eu tirarei toda a sua roupa e a deixarei nua como no dia em que nasceu. Eu farei com que ela fique como um deserto, como uma terra seca, e ela morrerá de sede. E não terei pena dos seus filhos, pois são filhos de uma prostituta. Ela se entregou à prostituição e mostrou que havia perdido toda a vergonha quando disse: “Vou buscar os meus amantes, pois eles me darão comida e bebida, roupas de lã e de linho, azeite e vinho.”
— Portanto, vou pôr ao redor dela uma cerca de espinhos e vou construir um muro na estrada, para que ela não encontre o caminho. Ela correrá atrás dos seus amantes, mas não os alcançará; irá procurá-los, mas não os encontrará. Então dirá: “Vou voltar para o meu marido, pois, quando vivia com ele, eu era mais feliz do que agora.” Ela não compreendeu que fui eu que lhe dei o trigo, o vinho e o azeite; fui eu que lhe dei muitos presentes de prata e de ouro, que ela ofereceu ao deus Baal. Portanto, quando chegar o tempo da colheita, eu tomarei dessa mulher o meu trigo e o meu vinho e levarei embora as roupas de lã e de linho que tinha dado para ela vestir. 10 Agora vou deixá-la completamente nua na frente dos seus amantes, e ninguém a livrará do meu poder. 11 Acabarei com toda a sua alegria: não haverá mais festas anuais ou festas mensais, nem as festas dos sábados, nem qualquer outra festa. 12 Eu destruirei as suas plantações de uvas e as suas figueiras que ela disse que recebeu como pagamento dos seus amantes. Só ficará mato, e os animais selvagens devorarão tudo. 13 Ela me abandonou, adorou as imagens do deus Baal e queimou incenso como oferta a ele. Ela também se enfeitou com anéis e joias e correu atrás dos seus amantes. Por causa de tudo isso, eu a castigarei. Eu, o Senhor, estou falando.

Deus ama o seu povo

14 Deus disse ao povo de Israel:
— Vou seduzir a minha amada e levá-la de novo para o deserto, onde lhe falarei do meu amor. 15 Ali, eu devolverei a ela as suas plantações de uvas e transformarei o vale da Desgraça em uma porta de esperança. Então ela falará comigo como fazia no tempo em que era moça, quando saiu do Egito. 16 Mais uma vez ela me chamará de “Meu marido” em vez de me chamar de “Meu Baal”. 17 Nunca mais deixarei que ela diga o nome Baal; nunca mais se falará desse deus. Sou eu, o Senhor, quem está falando.
18 — Naquele dia, farei um acordo com os animais selvagens, com as aves e com as cobras, para que não ataquem a minha amada. Quebrarei as armas de guerra, os arcos e as espadas; não haverá mais guerra, e o meu povo viverá em paz e segurança.
19 — Israel, eu casarei com você, e para sempre você será minha legítima esposa. Eu a tratarei com amor e carinho 20 e serei um marido fiel. Então você se dedicará a mim, o Senhor. 21 Naquele tempo, serei o Deus que atende: atenderei o pedido dos céus; os céus atenderão o pedido da terra, dando-lhe chuvas; 22 e a terra responderá produzindo trigo, uvas e azeitonas. Assim eu atenderei as orações do meu povo de Israel. 23 Plantarei o meu povo na Terra Prometida para que eles sejam a minha própria plantação. E eu amarei aquela que se chama Não-Amada; para aquele que se chama Não-Meu-Povo eu direi: “Você é o meu povo”, e ele responderá: “Tu és o meu Deus”.

Oseias e a mulher adúltera

O Senhor Deus falou de novo comigo e disse:
— Vá e ame uma adúltera, uma mulher que tem um amante. Ame-a assim como eu amo o povo de Israel, embora eles adorem outros deuses e lhes ofereçam bolos de passas.
Fui e comprei a mulher por quinze barras de prata e cento e cinquenta quilos de cevada. Eu disse:
— Por muito tempo, você vai esperar por mim. Durante esse tempo não se torne prostituta, nem se entregue a um amante. E eu também esperarei por você.
Será assim que os israelitas passarão muito tempo sem rei ou qualquer outro chefe, sem sacrifícios ou colunas do deus Baal, sem ídolos ou deuses do lar. Mas virá o tempo em que o povo de Israel voltará a adorar o Senhor, o Deus deles, e eles serão governados por um descendente do rei Davi. Naquele tempo, eles adorarão o Senhor com temor e receberão dele muitas bênçãos.

___
 
Nova Traduҫão na Linguagem de Hoje 2000 (NTLH) Copyright 2000 Sociedade Bíblica do Brasil. Todos os direitos reservados / All rights reserved.

Nenhum comentário:

Postar um comentário