Nova Tradução na Linguagem de Hoje (NTLH)

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Salmos 119 (versículos 65 a 120) (dia 151)

Salmos 119

(Continuação)

Confio nos teus mandamentos

65 Ó Senhor Deus, tu cumpriste
a tua promessa
e tens sido bom para mim,
este teu servo.

66 Dá-me sabedoria e conhecimento,
pois confio nos teus mandamentos.

67 Antes de me castigares,
eu andava errado,
mas agora obedeço à tua palavra.

68 Ó Deus, tu és bom e fazes o bem;
ensina-me os teus mandamentos.

69 Os orgulhosos dizem mentiras
contra mim,
mas eu, de todo o coração,
obedeço aos teus mandamentos.

70 Esses homens não querem aprender
a tua lei,
porém eu tenho prazer nela.

71 Foi bom que eu tivesse sido castigado,
pois assim aprendi os teus mandamentos.

72 A tua lei vale muito mais para mim
do que toda a riqueza do mundo.



Gosto de pensar na tua lei

73 Ó Deus, as tuas mãos me criaram
e me formaram;
dá-me entendimento para que eu possa
aprender as tuas leis.

74 Aqueles que te temem se alegram
quando me veem
porque a minha esperança
está na tua palavra.

75 Ó Senhor Deus, eu sei
que os teus julgamentos são justos
e que me castigas porque és fiel.

76 Peço que o teu amor me console,
como prometeste a mim,
este teu servo!

77 Tem compaixão de mim,
e eu continuarei vivo,
pois gosto de pensar na tua lei.

78 Que os orgulhosos fiquem envergonhados,
pois me acusam com mentiras!
Mas eu meditarei nos teus ensinamentos.

79 Que venham para o meu lado
os que te temem,
os que conhecem os teus mandamentos!

80 Que eu obedeça completamente
aos teus mandamentos
e não sofra a vergonha do fracasso!



Os teus mandamentos merecem confiança

81 Ó Deus, estou aflito, esperando
que tu me livres dos meus inimigos;
eu ponho a minha esperança
na tua palavra.

82 Os meus olhos estão cansados
de tanto olhar,
esperando o que prometeste,
e eu pergunto:
“Quando vens me consolar?”

83 Sou tão inútil como um odre
cheio de furos,
porém não esqueço
os teus mandamentos.

84 Até quando vai este teu servo
ter de esperar?
Quando vais castigar
os que me perseguem?

85 Os orgulhosos, que não obedecem
à tua lei,
cavaram covas para me pegar.

86 Todos os teus mandamentos
merecem confiança.
Ajuda-me, pois sou perseguido
por mentirosos.

87 Eles quase conseguiram me matar,
porém eu não abandono
os teus ensinamentos.

88 Por causa do teu amor,
livra-me da morte
para que eu possa obedecer
aos teus mandamentos.



A tua palavra dura para sempre

89 Ó Senhor Deus, a tua palavra
dura para sempre;
ela é firme como o céu.

90 A tua fidelidade permanece
em todas as gerações;
tu colocaste a terra no seu lugar,
e ela fica firme.

91 De acordo com as tuas ordens
todas as coisas permanecem até hoje,
pois tudo te obedece.

92 Se a tua lei não tivesse sido
o motivo da minha alegria,
eu já teria morrido de tanto sofrer.

93 Nunca esquecerei
os teus ensinamentos,
pois é por meio deles
que tens conservado a minha vida.

94 Livra-me dos meus inimigos,
pois sou teu
e tenho procurado obedecer
aos teus mandamentos.

95 Os maus estão esperando
a hora de me matarem,
mas eu meditarei nas tuas leis.

96 Tenho visto que todas as coisas
têm o seu limite,
mas o teu mandamento se aplica a tudo.



Como eu amo a tua lei!

97 Como eu amo a tua lei!
Penso nela o dia todo.

98 O teu mandamento está sempre comigo
e faz com que eu seja mais sábio
do que os meus inimigos.

99 Eu entendo mais do que todos
os meus professores
porque medito nos teus ensinamentos.

100 Tenho mais sabedoria do que os velhos
porque obedeço aos teus mandamentos.

101 Não tenho andado pelos caminhos
da maldade,
pois quero obedecer à tua palavra.

102 Não tenho deixado de cumprir
as tuas ordens
porque és tu que me ensinas.

103 Como são doces as tuas palavras!
São mais doces do que o mel.

104 Por meio das tuas leis,
consigo a sabedoria
e assim detesto todos os caminhos
da mentira.



A tua palavra é luz

105 A tua palavra é lâmpada para guiar
os meus passos,
é luz que ilumina o meu caminho.

106 Cumprirei o juramento que fiz
de seguir os teus justos ensinamentos.

107 Ó Senhor Deus, os meus sofrimentos
são terríveis;
conserva-me vivo, como prometeste.

108 Ó Senhor, aceita a minha oração
de agradecimento
e ensina-me os teus mandamentos!

109 A minha vida está sempre em perigo;
no entanto não esqueço a tua lei.

110 Os maus armaram uma armadilha
para me pegar,
mas eu não desobedeci
aos teus mandamentos.

111 Os teus ensinamentos
são a minha riqueza para sempre;
eles são a alegria do meu coração.

112 Eu resolvi obedecer às tuas ordens
até o fim da minha vida.



Eu amo os teus ensinamentos

113 Não suporto as pessoas falsas,
mas amo a tua lei.

114 Tu és o meu esconderijo
e o meu escudo;
eu ponho a minha esperança
na tua promessa.

115 Afastem-se de mim,
vocês que praticam o mal,
e eu obedecerei aos mandamentos
do meu Deus!

116 Dá-me forças, como prometeste,
e eu continuarei vivo;
não permitas que eu fique desiludido
com a minha esperança.

117 Dá-me apoio, e estarei em segurança;
e sempre darei atenção às tuas ordens.

118 Tu rejeitas todos os que desobedecem
às tuas leis,
pois os seus planos enganosos
não valem nada.

119 Tu tratas todos os maus como lixo,
e por isso eu amo os teus ensinamentos.

120 Eu tremo diante de ti
e tenho medo dos teus julgamentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário