Nova Tradução na Linguagem de Hoje (NTLH)

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Salmos 3 a 6 (dia 121)

Salmos 3


Oração pedindo a ajuda de Deus

1 Ó Senhor Deus, tenho tantos inimigos!
São muitos os que se viram contra mim!

2 Eles conversam a meu respeito e dizem:
“Deus não o ajudará!”

3 Mas tu, ó Senhor, me proteges
como um escudo.
Tu me dás a vitória
e renovas a minha coragem.

4 Eu chamo o Senhor para me ajudar,
e lá do seu monte santo
ele me responde.

5 Eu me deito, e durmo tranquilo,
e depois acordo
porque o Senhor me protege.

6 Não tenho medo
dos milhares de inimigos
que me ameaçam de todos os lados.

7 Vem, ó Senhor!
Salva-me, meu Deus!
Tu atacas os meus inimigos;
tu humilhas os maus
e acabas com o seu poder.

8 És tu que dás a vitória.
Ó Senhor Deus, abençoa o teu povo.



Salmos 4


Deus, meu defensor

1 Ó Deus, defensor dos meus direitos,
responde-me quando eu te chamar!
Eu estava em dificuldade,
mas tu me ajudaste.
Tem misericórdia de mim
e ouve a minha oração!

2 Homens poderosos, até quando
vocês vão me insultar?
Até quando amarão o que não tem valor
e andarão atrás de falsidades?

3 Lembrem que o Senhor Deus
trata com cuidado especial
aqueles que são fiéis a ele;
o Senhor me ouve quando eu o chamo.

4 Tremam de medo e parem de pecar.
Sozinhos e quietos nos seus quartos,
examinem a sua própria consciência.

5 Ofereçam sacrifícios
como o Senhor exige
e ponham a sua confiança nele.

6 Há muitas pessoas que oram assim:
“Dá-nos mais bênçãos, ó Senhor Deus,
e olha para nós com bondade!”

7 Mas a felicidade que pões
no meu coração é muito maior
do que a daqueles que têm comida
com fartura.

8 Quando me deito, durmo em paz,
pois só tu, ó Senhor,
me fazes viver em segurança.



Salmos 5


Oração pedindo a proteção de Deus

1 Ó Senhor Deus,
ouve as minhas palavras
e escuta os meus gemidos!

2 Meu Rei e meu Deus,
atende o meu pedido de ajuda,
pois eu oro a ti, ó Senhor!

3 De manhã ouves a minha voz;
quando o sol nasce,
eu faço a minha oração
e espero a tua resposta.

4 Tu não és Deus que tenha prazer
na maldade;
tu não permites que os maus
sejam teus hóspedes.

5 Tu não suportas a presença
dos orgulhosos
e detestas os que praticam o mal.

6 Acabas com os mentirosos
e desprezas os violentos e os falsos.

7 Mas, por causa do teu grande amor,
eu posso entrar nos pátios
da tua casa
e ajoelhar com todo o respeito,
voltado para o teu santo Templo.

8 Ó Senhor Deus, ajuda-me a fazer
a tua vontade
e faze com que o teu caminho
seja reto e plano para mim!
Que os meus inimigos vejam
que tu estás comigo!

9 Não se pode confiar
no que eles dizem,
pois só pensam em destruir.
A sua conversa é uma bajulação macia,
mas está cheia de engano e morte.

10 Condena e castiga-os, ó Deus!
Que os próprios planos deles
os façam cair na desgraça!
Expulsa-os da tua presença,
pois eles muitas vezes quebram
as tuas leis
e se revoltam contra ti.

11 Mas os que buscam abrigo em ti
ficarão contentes
e sempre cantarão de alegria
porque tu os defendes.
Os que te amam
encontram a felicidade em ti.

12 Pois tu, ó Senhor Deus,
abençoas os que te obedecem,
a tua bondade os protege
como um escudo.



Salmos 6


Oração de um enfermo

1 Ó Senhor Deus, não me repreendas
quando estiveres irado!
Não me castigues no teu furor.

2 Tem compaixão de mim,
pois me sinto fraco.
Dá-me saúde, pois o meu corpo
está abatido,

3 e a minha alma está muito aflita.
Ó Deus, quando virás me curar?

4 Vem salvar a minha vida,
ó Senhor Deus!
Por causa do teu amor,
livra-me da morte.

5 Pois no mundo dos mortos
não és lembrado,
e lá ninguém pode te louvar.

6 Estou cansado de chorar.
Todas as noites a minha cama
se molha de lágrimas,
e o meu choro encharca o travesseiro.

7 Por causa dos meus inimigos,
os meus olhos estão inchados
de tanto chorar,
e quase não posso enxergar.

8 Afastem-se de mim,
vocês que fazem o mal!
O Senhor Deus me ouve quando choro;

9 ele me escuta quando peço ajuda
e atende as minhas orações.

10 Os meus inimigos ficarão
envergonhados e apavorados;
eles fugirão de repente,
em completa confusão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário